Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vivendo de migalhas...

Pois é... Mais uma vez o salário mínimo não chegará aos mil reais (já era para ter passado há décadas). Enquanto isso, vejo fanáticos fazendo apologia ao "magistral mito"... Sinto pena da pequenice de destes, é triste ter que alertar sempre que nós não somos os beneficiados, seja qual for o governo. Sempre estaremos em via de transição. Nunca, cristalização... Tenho lástima por quem não conseguiu enxergar de alguma forma a oportunidade de mudança pela via educacional. Porque, as coisas tendem a piorar. E os subembregos formais e informais, só ficarão mais concorridos e desvalorizados... Eu sempre disse que a única forma consolidada de se realizar era pela educação. E não mudo isso. Porque as coisas vão piorar. Não é o meu pessimismo dizendo. É meu ceticismo. É lindo celebrar a virada e desejar boas novas ao novo ano. Mas, é horrível viver alienado e não perceber que nós somos os prejudicados. Seja qual for a transição. A diferença é a proporção do "prejudicado". Nesse momento essa proporção é maior. Mas, mesmo que fosse outro governo, não necessariamente seria um paraíso. Só digo isso: BUSQUE EDUCAÇÃO, estude, avalie uma profissão, se prepare e tente as melhores universidades, pois é inevitável dizer: as coisas vão piorar, mais ainda para quem não tem oportunidades e pensa que vive num país de primeiro mundo. Esqueça o idílico, vivemos num país extremamente polarizado e que nos próximos quatro anos tende a cristalizar essa dicotomia. Prova disso? Várias. Mas, o aumento salarial é uma inquestionável.
Alexandre Alves Porfirio Vieira
Enviado por Alexandre Alves Porfirio Vieira em 03/01/2019
Reeditado em 03/01/2019
Código do texto: T6541526
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alexandre Alves Porfirio Vieira
Santo André - São Paulo - Brasil, 28 anos
57 textos (2381 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/11/19 21:35)
Alexandre Alves Porfirio Vieira