Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nunca sentido...




Trazido aqui,fomentado a qualquer dúvida,e a dúvida provocara eternos enigmas.Mas a posição do filosofo já se tornou decadente demais.O mundo apenas precisa de um hospício,de um grito disforme de solidão,de um canto...

Apenas de uma lágrima,ou de um beijo nunca sentido.


Por mais demente que seja o fator nostálgico,que perambula na estrada do infinito plantando as suas armadilhas inconscientes,eu poderia roubar qualquer coisa,e copiar nada que não seja a minha imperfeição monstruosa.


Aqui?Me sinto perdido,fugi para o Jardim do Epicuro,procurando uma saudade inventada,mas apenas vi  ricos bêbados falando de educação sociológica...

A saudade?Infelizmente,tive,naquelas em que a nostalgia criou o seu monstro.

CaiqueM
Enviado por CaiqueM em 09/01/2019
Código do texto: T6546899
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CaiqueM
São Paulo - São Paulo - Brasil, 24 anos
72 textos (726 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/05/19 10:43)
CaiqueM