Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aprender a acolher-se.

Aprenda a acolher- se , não seja tão dura com você mesma. O que levamos desta vida? Qual nosso destino... Talvez se pensássemos um pouco mais nisso, na brevitude dos nossos dias, na finitude da vida. Talvez quem sabe viveríamos nossos dias com mais alegria e intensidade. Acordamos, trabalhamos, dormimos e acordamos de novo e assim segue a vida sol a sol. Um dia vamos embora, todos terão que ir... E o que foi nossa vida, o que foi feito de nossos sonhos? A sensação é de que o tempo passou rápido demais, que perdemos muito tempo com besteiras, que demoramos a amadurecer, que muitas vezes sofremos em vão. Cuide de você com carinho, de tudo é o que mais importa tenha certeza. Valorizar-se e ama-se enquanto pode , o tempo é breve. Largue as besteiras da vida pelo caminho. Viva o essencial, não sofra a toa, tenha certeza não vale a pena. Nunca valeu.
Ane Barros
Ane Barros Mulheres que pensam
Enviado por Ane Barros Mulheres que pensam em 12/09/2019
Código do texto: T6743333
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (@MulherquePensa). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ane Barros Mulheres que pensam
São Bernardo do Campo - São Paulo - Brasil
17 textos (179 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/19 15:45)
Ane Barros Mulheres que pensam