Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DO "O SEGREDO".

O texto de auto-ajuda mais vendido ultimamente – “O Segredo” -  é charlatanismo deslavado, ao menos em certo sentido. Minha leitura, claro, passa pela ciência. Nada ali, embora Rhonda Byrne ateste o contrário, prova sua tese. Apropriar-se de conceitos científicos é garantia de que certos fenômenos sejam “verdadeiros”?

O título, sem dúvida, é tentador. Quando o sujeito descobre que a chave é fazê-lo concretizar todos os desejos, haja curiosidade. Não nos esqueçamos: quantos de nós não possuem outra ambição senão a material!

Vamos ser francos e diretos: Byrne e seu grupo tentam pôr remendo novo em um pano velho e manjado. No lugar de compromissos religiosos, esotéricos e coisas do gênero, entra a ciência. Assim, envolve o leitor num dédalo composto de “conhecimento” e contemporaneidade.

Afirmar que o mundo material é produto do que temos em nossas mentes – “lei da atração” -  é pura falácia. A lei da atração, garante Byrne, é uma lei da natureza e tão imparcial e impessoal quanto a lei da gravidade. É precisa, exata.

No campo filosófico, o “naturalismo animista”, que em tudo vê vida e alma, pode servir como encapotamento da perspectiva Beyneana. Não há a mínima evidência de que nossa mente afete a matéria Os estudos mais profundos, neste particular, apontam desprezíveis 0,3%. Nem mesmo a física quântica, segundo autoridades, corrobora os fundamentos de “O Segredo”.  Neste caso, a relação de causa e efeito é uma impossibilidade.

Afinal, qual o mistério deste livro? Partindo de crendices no que conhecemos por “Nova Era”, oferece um sutil, sagaz e matreiro coquetel cultural adaptado, é lógico, à vida contemporânea, centrado em dois grandes pilares: “autonomia intelectual e riqueza”. Andrew Dawson esclarece: “A Nova Era diz que não há problemas em possuir a riqueza e a estabilidade que a classe média de todos os países já tem. Nem em procurar mais riqueza e sucesso”.

A parte “boa” da proposta, mesmo reconhecendo o engodo, fica no incentivo à imaginação e em provocar no leitor aquela espécie de motivação necessária para agir, fazer alguma coisa a fim de mudar uma situação desfavorável. Como diz Pablo Nogueira: “Muita gente tem uma grande vontade de acreditar que de fato exista um segredo que possa mudar a vida. É essa expectativa de que algo pode melhorar que realmente pode causar transformações e melhoras”. Sem essa de que somos torres irradiando pensamentos.


                                                               
Ary Carlos Moura Cardoso
Enviado por Ary Carlos Moura Cardoso em 04/11/2007
Código do texto: T723167
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Normal.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ary Carlos Moura Cardoso
Palmas - Tocantins - Brasil
1084 textos (293566 leituras)
1 áudios (342 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 10:30)
Ary Carlos Moura Cardoso