Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Entrevista com o autor Carlos Bueno Guedes

Entrevista

ICE- O que é para si a poesia? E o que é para si um poeta?

Carlos Bueno Guedes - A poesia é o sentido de buscarmos dentro da poesia o sentido da existência, nos revermos pelas palavras a sensação de ser sempre uma descoberta, o encantamento de sermos a realidade vista pelos olhos do sentimento!


ICE-Como foi o seu primeiro contacto com a poesia?

Carlos Bueno Guedes -Meu primeiro contacto com a poesia foi na formação de um jogral na escola, quando liamos poesia de Jorge de Lima, Carlos Drummond de Andrade, Manuel Bandeira, Vinicius de Moraes, Fernando Pessoa e outros ...


ICE-Escreve apenas poesia ou também tem interesse por outro género literário?

Carlos Bueno Guedes -Escrevo algumas romances curtos, sempre de uma maneira introspectiva , aprofundadas de viver , sempre a busca do essencial , a palavra trabalhada até seu limite , na linguagem trabalhada dentro de um abismo a buscar claridades !


ICE-Prefere escrever quando está sozinho ou a vida que o/a rodeia é também a sua inspiração?

Carlos Bueno Guedes -Sempre que escrevo, imagino uma situação, um fato, me jogo em palavras a buscar uma metalinguagem para traduzir a experiência da escrita!


ICE-A que autor(es) escreveria um poema em agradecimento ou homenagem pela inspiração que lhe transmitiu?

Carlos Bueno Guedes -Mario Quintana e Carlos Nejar!


ICE-Alguma vez quis ou sentiu a necessidade de frequentar um curso de escrita criativa?

Carlos Bueno Guedes -Frequentei cursos de diversos escritores, todos a me mostrarem que cada autor tem sua importância em ter seu próprio estilo e criatividade!


ICE- Gosta mais de livros físicos ou os livros digitais (e-books)?

Carlos Bueno Guedes -Li alguns digitais, mas minha paixão é ter os livros nas mãos para releituras, são os prazeres de estar nas palavras!


ICE-Quando começa a escrever, já sabe como vai terminar o seu poema? Ou vai criando à medida que escreve?

Carlos Bueno Guedes -As palavras vão chegando, vou a viajar entre elas sem me preocupar como vai ser o final, vou abraçando a escrita até a exaustão.


ICE-Quais são os seus autores preferidos (nacionais ou estrangeiros)?

Carlos Bueno Guedes -Lucio Cardoso, Marcel Proust, Honoré de Balzac, Franz Kafka, Afonso Valente Batista, Mia Couto, Guimarães Rosa, Machado de Assis, Adonias Filho, António Lobo Antunes, Diniz Machado, Eça de Queiroz, Gabriel Garcia Marques ...


ICE- Tem alguma obra publicada ou que gostasse de vir a publicar? Quer falar-nos desses projetos?

Carlos Bueno Guedes -Sim tenho um pequena novela, escrita na solidão de ser, a busca de uma identidade perdida, as palavras são corroídas pelo desamparo da dor dos desencontros, muito elogiado pelo grande amigo e maravilhoso escritor português Afonso Valente Batista que classificou como a genialidade da escrita, em que estarei a fazer o prefácio de seu livro “Crônicas dos Heróis Imaginários “seu próximo lançamento depois da sua obra prima “ O Fadário das Mulheres Insolentes “ que será lançado aqui no Brasil !
Minha obra a ser publicada em fevereiro será “Esparsos Noturnos e Outros “onde parto da poesia, das crônicas, sempre buscando no texto a poesia que fica engaiolada dentro de nossa criação, considero não autobiográficos, mas interagem com nosso mundo real, sairá pela Editora Tachion!
Instituto Cultural de Évora e Autor
Enviado por Instituto Cultural de Évora em 12/02/2021
Reeditado em 12/02/2021
Código do texto: T7182744
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Instituto Cultural de Évora
Evora - Évora - Portugal
58 textos (1022 leituras)
5 e-livros (480 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/02/21 22:57)
Instituto Cultural de Évora