Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PREVIDÊNCIA SOCIAL AUTOGESTIONÁRIA

Dom Marcos Barbosa II

Quando eu era um jovem universitário, estudante da UFMT, acreditava na possibilidade de se construir uma sociedade anarquista,,, autogestionária. A idéia era que o povo deveria se governar coletivamente e os conflitos oriundos do jogo de interesses entre as categorias profissionais deveriam ser resolvidos por acordos entre os sindicatos administrados por diretorias de colegiados. Então,,, eu era considerado ANARCO-SINDICALISTA,,, mas a experiência me mostrou que o ideal anarquista é uma utopia que não funciona no atual estágio de desenvolvimento da nossa civilização.
Revendo em minhas memórias aquele ideal perdido, comecei a considerar o problema da previdência social que está a caminho da falência,,, então,,, fazendo um exercício de futurismo pensei num modelo autogestionário, custeado e administrado por uma família no longínquo ano de 2100,,, ASSIM:
O ancião, patriarca da família bateu o martelo e começou a reunião do clã no dia 07 de dezembro de 2100...
— Que Deus abençoe a esta reunião e dê vida longa ao nosso Imperador!
— Viva o Imperador! - e todos os presentes gritaram – viva!
— Há muito tempo venho pensando numa solução para aposentar os membros da nossa família por conta própria. Reconhecida a falência da república brasileira, trazendo como uma de suas consequências a extinção da previdência social, tomei a decisão de criar a nossa PREVIDÊNCIA SOCIAL FAMILIAR AUTOGESTIONÁRIA. Nós somos dez pessoas economicamente ativas nesta família, sendo que o menor salário é de 1.000 Réis e aumentando de mil em mil chegamos aos 10.000 Réis comigo que ganho mais e sou o provedor principal da família. Para compor o nosso fundo de pensão, criei a tabela seguinte:
Quem ganha 1.000,00 Réis recolhe 1% para o nosso fundo de pensão - 10,00 Réis
Quem ganha 2.000,00 Réis recolhe 2% para o nosso fundo de pensão - 40,00 Réis
Quem ganha 3.000,00 Réis recolhe 3% para o nosso fundo de pensão - 90,00 Réis
Quem ganha 4.000,00 Réis recolhe 4% para o nosso fundo de pensão - 160,00 Réis
Quem ganha 5.000,00 Réis recolhe 5% para o nosso fundo de pensão - 250,00 Réis
Quem ganha 6.000,00 Réis recolhe 6% para o nosso fundo de pensão - 360,00 Réis
Quem ganha 7.000,00 Réis recolhe 7% para o nosso fundo de pensão - 490,00 Réis
Quem ganha 8.000,00 Réis recolhe 8% para o nosso fundo de pensão - 640,00 Réis
Quem ganha 9.000,00 Réis recolhe 9% para o nosso fundo de pensão - 810,00 Réis
Eu ganho 10.000,00 Réis recolho 10% para o nosso fundo de pensão – 1.000,00 Réis
TOTAL PARA NOSSO FUNDO DE PENSÃO FAMILIAR AUTOGESTIONÁRIO : 3.850,00 Réis
Esses 3.850,00 Réis, descontados automaticamente na remuneração mensal de cada um de nós, cai numa conta aplicação no Banco do Brasil, que seguindo nossos critérios , ora forma uma carteira de ações na bolsa, ora é aplicado na poupança, ou se compra Letras do Tesouro Nacional,,, assim, nosso dinheiro passa a ser socialmente útil, ajuda a ativar a economia, gerando emprego e movimentando o comércio e a indústria conforme vai sendo aplicado. Os rendimentos desse nosso FUNDO DE PENSÃO AUTOGESTIONÁRIO DA FAMÍLIA, serão suficientes para garantir um aposentadoria justa, com o mesmo salário, aos 25 anos de contribuição. A vantagem disso é que nós não precisamos manter uma estrutura mastodôntica como o antigo INSS, dirigido por políticos e funcionários corruptos e incompetentes.
Quando o PRIMEIRO MINISTRO DE SUA MAJESTADE, O IMPERADOR BRAGANÇA tomou conhecimento da nossa iniciativa, copiou o modelo, aperfeiçoou e criou uma previdência social para os gestores do ESTADO BRASILEIRO,,, ASSIM:

CARGOS REMUNERAÇÃO DESCONTO CONTRIBUIÇÃO RECEBIMENTO
Vereadores, delegados 10.000,00 Réis descontam 10 % =1.000,00 Réis e recebem 9.000,00 Réis;
Prefeitos 20.000,00 Réis descontam 20 % = 4.000,00 Réis e recebem 16.000,00 Réis;
Professores deputados estaduais, juízes e promotores ganham 30.000,00 Réis, descontam 30 % = 9.000,00 Réis e recebem 21.000,00 Réis;
Deputados e juízes federais, procuradores ganham 40.000,00 Réis descontam 40 % = 16.000,00 Réis e recebem 24.000,00 Réis;
Senadores ganham 50.000,00 Réis descontam 50 % = 25.000,00 Réis e recebem 25.000,00 Réis;
Ministros de Estado ganham 60.000,00 Réis, descontam 60 % = 36.000,00 Réis e recebem 24.000,00 Réis;
Ministros do supremo ganham 70.000,00 Réis , descontam 70 % = 49.000,00 Réis e recebem 21.000,00 Réis;
Primeiro ministro ganha 80.000,00 Réis, descontam 80 % =64.000,00 Réis e recebem 16.000,00 Réis;
Conselheiros do IMPERADOR ganham 90.000,00Réis, descontam 90%= 81.000,00 Réis e recebem 9.000,00 Réis;
O IMPERADOR ganha 100.000,00 Réis, desconta 100% =100.000,00 Réis e recebe 0,00 Réis, porque trabalha por amor à pátria com todas as despesas pagas pelo Estado.

Só homens e mulheres acima de 50 anos, com CHP Carteira de Habilitação Política equivalente ao cargo, podem ser Ministros de Estado, da Suprema Côrte, Primeiro Ministro, ou Conselheiros do Imperador,,, e estes têm um desconto superior aos seus vencimentos, para dar exemplo de desprendimento. O percentual de desconto é crescente, até chegar na pessoa do Imperador que contribui com 100% porque está impedido de adquirir propriedades, mas em compensação tem todas despesas da Família Real pagas pelo Estado. Na última prestação de contas as despesas com a família do Imperador foi equivalente aos vencimentos mensais de um Senador do Império. Sai muito mais barato aos cofres públicos do que manter presidentes e ex-presidentes aposentados.
As Forças Armadas estão sempre de prontidão e às ordens de sua Majestade, dando apoio total ao regime monarquista que foi restaurado no Brasil.
Nas primeiras décadas, foi difícil e o Imperador , no exercício do PODER MODERADOR teve que usar as prerrogativas de dissolver o Congresso Nacional e trocar o Primeiro Ministro várias vezes. Os políticos, mau acostumados com a confusão republicana, insistiram nos seus vícios, na corrupção, nas tentativas de golpe, mas com o tempo,,, com muita sabedoria SUA MAJESTADE IMPERIAL conseguiu reeducar o povo brasileiro e temos agora, no século XXII , um dos melhores IDH do Planeta.
Marcus Aurelius
Enviado por Marcus Aurelius em 09/05/2016
Código do texto: T5630617
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Marcus Aurelius
Águas Lindas de Goiás - Goiás - Brasil, 64 anos
220 textos (48379 leituras)
11 e-livros (734 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/04/21 10:56)
Marcus Aurelius