Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PARÁFRASE CONTEMPORÂNEA DE FILIPENSES 4*

PARÁFRASE CONTEMPORÂNEA DE FILIPENSES 4*
O que o Apóstolo Paulo escreveria, se em seu tempo existissem redes sociais para comunicação instantânea?


1Portanto, meus amados e mui queridos irmãos da Igreja Local, minha alegria e coroa, estai assim firmes no Senhor, amados, e cuidado com as postagens nas redes.

2Rogo a Feicebuquia, e rogo a Whatsappia, que sintam o mesmo no Senhor.

3E peço-te também a ti, meu verdadeiro companheiro, que ajudes essas mulheres que trabalharam comigo no evangelho, e com Instagrampo, e com os meus outros cooperadores, cujos nomes estão no livro da vida e também nas redes sociais.

4Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos. E não procureis as curtidas traiçoeiras dos homens. Nem compartilheis desatentamente o que vai aparecendo pela frente sem refletir.

5Seja a vossa equidade notória a todos os homens. Perto está o Senhor, que tem conhecimento do que está na mente, no coração e no mundo virtual também.

6Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. E não diante dos homens, pelas redes sociais, expondo-se e expondo pessoas e situações privadas que de modo algum deveriam tornar-se públicas; principalmente naqueles casos notórios que definitivamente não edificam.

7E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus. Se é que não tendes semeado discórdia, confusão e dissensão com vossas postagens impensadas.

8Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. E postai livremente sem freios, pois há de ser bênção para muitos, e os irmãos estarão fazendo um uso sábio da tecnologia.

9O que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso fazei e curti e compartilhai livremente; e o Deus de paz será convosco.

10Ora, muito me regozijei no Senhor por finalmente reviver a vossa lembrança de mim; pois já vos tínheis lembrado, mas não tínheis tido oportunidade. Mas quando vi aquelas fotos no Facebook e as mensagens que me enviastes no Whatsapp muito me regozijei com estas lembranças edificadoras.

11Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. (E vós sabeis muito bem que o meu celular é daqueles antigos, mas, vou levando!)

12Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade. E vós, meus companheiros do evangelho, sabeis muito bem o quanto sou dependente de Wi-Fi, por falta de créditos. Mas, o que falta no meu celular não falta em mim perante vós. E não falo isso por vaidade, mas por gratidão, por saber o quanto todos me querem bem.

13Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece. Posso até levar para as redes sociais alguns problemas aqui da Igreja, como vós também podeis, mas, a liberdade que temos como cristãos e seguidores do evangelho não pode ser usada de forma a prejudicar outras pessoas. Então, já aprendi que qualquer coisa que seja alvo de dúvida para mim; eu descarto. Foi um dos nossos filósofos que disse que tudo que se vai falar de alguém precisa passar pelo crivo das “três peneiras”: É verdade? Traduz bondade? É relevante? Se não, são palavras vazias, traiçoeiras e descartáveis.

14Todavia fizestes bem em tomar parte na minha aflição. Porque só assim estaremos juntos no propósito de sermos pessoas de bem no real e no virtual.

15E bem sabeis também, ó friburguenses, que, no princípio do evangelho, quando parti de Olaria para o Rio de Janeiro, nenhuma igreja comunicou comigo com respeito a dar e a receber comentários, senão vós somente;

16Porque também uma e outra vez me mandastes o necessário a Cordeiro. Mas, certo é que se não se tem conhecimento de causa, não se deve opinar, mas, esta geração é fecunda em comentários que brotam mais da Emoção do que da Razão, por isto mesmo, muitos deles descartáveis e desprezíveis.

17Não que procure dádivas, mas procuro o fruto que cresça para a vossa conta. E isto só vai acontecer quando a mente de Cristo governar nossos pensamentos, ações e, nestes tempos midiáticos, nossos comentários, curtidas e compartilhamentos.

18Mas bastante tenho recebido, e tenho abundância. Cheio estou, depois que recebi de Twittério o que da vossa parte me foi enviado, como cheiro de suavidade e sacrifício agradável e aprazível a Deus. Bem sei que foram apenas uns magros 140 caracteres enviados por vez, mas as palavras foram abençoadoras.

19O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus. Mas não vos esqueçais de cultivar a contrição e a vida de piedade, em vez de ficardes o tempo todo escravizados pela modernosa tecnologia da comunicação.

20Ora, a nosso Deus e Pai seja dada glória para todo o sempre. Quer pessoalmente, quer nas casas, nos pequenos grupos, no templo ou na Internet. Amém.

21Saudai a todos os santos em Cristo Jesus e fazei isso todos os dias pelo Facebook, limitando, porém, o tempo de seu uso. Os irmãos que estão comigo vos saúdam. Muitos deles gostariam de postar uma foto para vós e até mesmo umas palavras abençoadoras. Não podendo, porém, não se esquecem de orar incessantemente por vós; para alguns, intercedendo até mesmo, pela libertação da escravidão dos pecados virtuais.

22Todos os santos vos saúdam, mas principalmente os que são do Palácio do Jaburu e foram salvos.

23A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com vós todos. Amém.

(*) Uma licença para uso do texto paulino seguindo o que se chama contemporaneamente de intertextualidade, que é a criação de um texto a partir de outro pré-existente. Entendo que o uso do texto desta forma não compromete seu valor sagrado, ao contrário, corrobora princípios e valores exarados das Escrituras. Na falta de outra categoria mais adequada, postei nesta.
Jess
Enviado por Jess em 09/06/2016
Reeditado em 09/06/2016
Código do texto: T5661906
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Josué Ebenézer de Sousa Soares.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jess
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
169 textos (17743 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/10/19 17:09)
Jess