Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BAÚ DE LEMBRANÇAS
MINHA
ALMA
DE
SAUDADE
AS VEZES
CHORA
LAMENTANDO

TANTA
COISA
MUDOU
O TEMPO
PASSOU
E ESTOU
ENVELHECENDO

MUITA
COISA
DEIXEI
DE FAZER
RENUNCIEI
MANDEI
EMBORA

MAS FICA
SEMPRE
UM VAZIO
UMA DOR
ESCONDIDA
NO FUNDO
DA ALMA

MUITAS
VEZES
CHORO
ESCONDIDO
MINHA
TRISTE
SOLIDÃO

VOCÊ
ME REPRIME
ME MASSACRA
TIRA
MINHA
LIBERDADE
DE VIVER

SOU PASSARINHO
PRESO
NA GAIOLA
DO SEU
EGOÍSMO
MESMO
TE AMANDO
_______________________
HEPTAVERSOS
7 VERSOS POR ESTROFE
PODE USAR UMA MONOSSILABA POR VERSO SE NECESSÁRIO
PARA DAR COESÃO
CRIAÇÃO DE ESTILO EXPERIMENTAL
NORMA A S MORAES
Norma Aparecida Silveira Moraes
Enviado por Norma Aparecida Silveira Moraes em 14/09/2017
Reeditado em 23/12/2017
Código do texto: T6113809
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Norma Aparecida Silveira Moraes
Suzano - São Paulo - Brasil, 59 anos
7874 textos (174654 leituras)
3 áudios (440 audições)
243 e-livros (10979 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/04/19 12:05)
Norma Aparecida Silveira Moraes

Site do Escritor