Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Deu certo!

Não sei se já disse isso aqui, mas se não disse estou dizendo agora: Eu comecei a escrever aos 56 anos depois de me aposentar. E comecei, por absoluta falta do que fazer. As pessoas foram gostando do que eu escrevia e eu fui me entusiasmando cada vez mais. De início escrevi um livro sobre a segurança pública, área na qual trabalhei quase toda minha vida. Para  escrever esse livro, contei com a ajuda de dois grandes amigos, um para encontrar uma editora, já que ele era jornalista, outro na orientação e  ordenação do que eu ia escrevendo, Tenho certeza absoluta que sem eles o livro não teria sido escrito. Um deles, o jornalista, pouco tempo depois se matou domando veneno para ratos. O outro, é dentista, psicologo, advogado, juiz trabalhista e pastor evangélico. Como eu disse lá em cima, fui tomando gosto e já cheguei ao sexto livro todos abordando temas diferenciados uns dos outros. Até o 2º livro só escrevi prosa. Um dia, resolvi escrever um cordel. Esse cordel foi adotado por escolas, e já alcançou a marca de 80.000 mil exemplares vendido. Ocupa com destaque o 2º lugar em vendas entre meus cordéis. Me animei e comecei a escrever poesias, todas bem recebidas pelo público. Foi então por necessidade que entrei nesse mundo maravilhoso da literatura, com uma singularidade: Todos os meus trabalhos segue a linha do humor e da sátira.
E eu nem desconfiava desse talento nato.
Poeta lelces Xavier
Enviado por Poeta lelces Xavier em 22/08/2018
Código do texto: T6426467
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeta lelces Xavier
Paulista - Pernambuco - Brasil, 78 anos
373 textos (4520 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/19 16:36)
Poeta lelces Xavier