Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sou apenas uma voz
Na escuridão das trevas
A entoar meu canto
Muitas vezes de dor
A maioria de amor
Em meu canto louco
Muitas vezes rouco
Que poucos escutam
Sou a voz na escuridão
Que tenta chamar sua atenção
E que muitas vezes
Cala-se
Por não alcançar
O seu coração

E volta novamente
Para o mesmo lugar
Que de um dia
Ousou sair
Por entrever
O brilho de teus olhos
E sonhar com o calor
Do teu amor

Nem todos os contos de fadas
Nem todos os sonhos

Tem um final feliz

Sal Eterno Aprendiz
Enviado por Sal Eterno Aprendiz em 12/09/2007
Reeditado em 12/09/2007
Código do texto: T649217

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sal Eterno Aprendiz
São Paulo - São Paulo - Brasil
550 textos (32454 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 19:15)
Sal Eterno Aprendiz