Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amanhecer na roça.

Quando vem amanhecendo o galo canta no puleiro
a perdiz pia no campo
e o marreco no terrero
e os porco quereno mio
grita de fome no chiqueiro
tico tico e o pinhé
o gavião traiçoero
tudo canta bem cedinho
antes do sór vir primeiro

e quando nos tinha de ir
no meio do matão cerrado
o pio d'aguazulada

Deixa o mato arvoroçado
e os uru
que ia tão triste
e o chan chan ia assanhado
a tobaca no grotão
ia triste e sossegado
os canário pintasirva
canta tudo misturado

Na cozinha do ranchinho
bate com força o pilão
e a gente já sente um cheiro
de um cafezinho bão

Uma criança chora arto
depois de moia o corchão
a manhe sai  la no quarto
pega no fio da estimação
enche ele de abraço e beijo
de proza de adoração


marido pega a ferramenta
vaia-se embora la pro eito
e o caboclo brasileiro
vai pro trabalho satisfeito
vai levando seu armoço
virado de feijão bem feito
com torresmo e ovo frito
gostoso que não tem jeito
e quando o sór aparece
ja acha tudo direito


MANDI E SOROCABINHA.
Arcanjjus Negrus
Enviado por Arcanjjus Negrus em 25/01/2019
Código do texto: T6559446
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Arcanjjus Negrus
Pinhais - Paraná - Brasil, 36 anos
1423 textos (98503 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/10/19 21:39)
Arcanjjus Negrus