Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma mera opinião: O CASO DA DIVISÃO SILÁBICA.


No que tange a divisão silábica há duas ´´makas´´ grandes. A primeira maka tem que ver com a questão dos dígrafos ´´ ss´´ e ´´rr´´enquanto que a segunda prende-se com a questão dos ditongos crescentes (ie,ia,io,ua etc.). Comecemos com a primeira. A nosso ver, os dígrafos ´´rr´´ e ´´ss´´ não se devem separar devido a ´´questão´´ fonética da palavra. De acordo o AFI(Alfabeto Fonético Internacional) estes dígrafos apenas correspondem a um som e a divisão silábica tem que ver com a divisão dos sons de uma palavra. Nesta senda, nas palavras ´´carro´´ e ´´ passo´´ temos apenas duas sílabas, ou seja, somente dois sons(ca-rro,pa-sso). Não podemos dividir ´´car-ro´´ porque pronunciamos a palavra com o som vibrante e velar ´´R´´ e não com o som vibrante e alveolar ´´ro´´.
Na divisão silábica, alguns ditongos crescentes têm causado problemas. Nas palavras polícia, glória, memória, ténue etc., tanto podem ser divididos como não, pois os ditongos crescentes não são estáveis e nestes casos as duas versões, a nosso ver, servem. Essas sequências quando pronunciadas rapidamente são ditongos decrescentes,porém, quando lentamente não, são hiatos.( Celso Cunha e Lindley Cintra, Nova Gramática do Português Contemporâneo pág. 60-62; João Matos Gramática Moderna da Língua Portuguesa pág 66,67). Quando considerados como hiatos são proparoxítonas, podem ser divididos; como ditongos são paroxítonas, não podem ser. Fernanda Cavacas considera-as falsas proparoxítonas, ou seja, parecem esdrúxulas mas não são, o que dá entender que nesta visão podem ser separadas.
Fernando Tchacupomba
Enviado por Fernando Tchacupomba em 05/10/2019
Código do texto: T6762103
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fernando Tchacupomba
Lobito - Benguela - Angola, 21 anos
5 textos (113 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/11/19 13:30)