Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu amigo Miguel Carqueija, escreveu no sentido da inexistência vernacular do verbo "tá". Seguindo o exemplo do estimado irmão, digo eu: também não existe o verbo coisar.

A língua é objeto cultural. Portanto, não se trata de expressão de menor importância. Ao contrário, quando desejam dominar, a primeira medida que o dominador efetiva - historicamente - é desarticular os mecanismos de signos compartilhados socialmente. 

Urge aprender a lição legada por Nietzsche: fugir, com todas as forças, do "efeito rebanho". Você não é coisa! Logo, nada de "coisar"!!! Fraterno abraço poético! Paz e bem.


@engenhodeletras
https://engenhodeletras.blogspot.com/
https://professorapaulagomes.recantodasletras.com.br/ 
Professora Ana Paula
Enviado por Professora Ana Paula em 31/03/2020
Código do texto: T6902432
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Professora Ana Paula
Fortaleza - Ceará - Brasil, 47 anos
415 textos (8868 leituras)
36 áudios (1127 audições)
2 e-livros (142 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/08/20 09:28)
Professora Ana Paula

Site do Escritor