Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Afinal, a palavra "VOCÊ" é pronome pessoal DO CASO RETO ou DE TRATAMENTO?


                                 Se tomarmos por base a lógica com a qual
nós aprendemos desde as séries iniciais, OS PRONOMES PESSOAIS
DO CASO RETO são : eu, tu, ele, ela, nós, vós, eles ou elas.

                                  E, na relação dos PRONOMES DE TRATA-
MENTO, dentre outros, aprendemos que "VOCÊ" é PRONOME DE TRA-
TAMENTO utilizado para pessoas comuns de nosso convívio diário (ir-
mãos, colegas, etc.).

                                  E aí, como ficamos? Como classificar morfo-
logicamente VOCÊ ?

                                  Embora as Gramáticas em geral não façam
comentários claros a este respeito, mas, quero crer, O BOM SENSO
LINGUÍSTICO nos leva a normatizar o assunto da seguinte forma :

A) "VOCÊ" SERÁ PRONOME PESSOAL sempre que anteceder uma for-
    ma verbal, correspondendo ao SUJEITO DA ORAÇÃO, como em :

    - VOCÊ sabe para onde o garoto foi? ("você", neste trecho, é o
                                                       sujeito da oração; logo  ,
                                                       É UM PRONOME PESSOAL
                                                       DO CASO RETO, por ser ,
                                                       também, parte do proces-
                                                       so de conjugação do ver-
                                                       bo em questão).

b) "VOCÊ" SERÁ PRONOME DE TRATAMENTO, em duas situações :

    b-1) Quando estiver isolado (sozinho).
 
           Considere esta situação : a proprietária de um imóvel, ao
           abrir a porta, depara-se com alguém conhecido (embora
           sem saber como) sentado na poltrona da sala. Dirige-se a
           essa "visita" e diz-lhe, em tom exclamativo : -"VOCÊ"?!
           (A palavra "você", neste contexto, está a indicar que "o in-
           truso" é gente íntima ou quase, com relação à dona da casa,
           daí esta não ter tratado o visitante, por exemplo, de "O SE-
           NHOR"?

    B-2) Quando estiver precedido de uma das preposições "a", "por",
           "para", "com" (DEPOIS DO VERBO DA ORAÇÃO) visto      que,
            usado depois dessas preposições,TAMBÉM INDICARIA UMA
            ESPÉCIE DE TRATAMENTO ÍNTIMO ENTRE QUEM FALOU COM
            RELAÇÃO A QUEM O OUVIU.
 
           Exs.:  Dei todo o meu amor A VOCÊ!
                    Para merecer o seu amor, farei tudo POR VOCÊ.
                    Deixe-me ir COM VOCÊ ?
                    Eu sou tudo PARA VOCÊ;

                                        Gramáticos, ACUDI-ME !

                    (já que fechamos este nosso último texto de hoje com
                     um verbo empregado NO IMPERATIVO, isto - CONJUGA-
                     ÇÃO DE VERBOS NO IMPERATIVO - será o tema      de
                     nosso próximo encontro. Aguardo cada um de vocês lá
pedralis
Enviado por pedralis em 07/11/2007
Código do texto: T727241
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pedralis
Salvador - Bahia - Brasil
3731 textos (4219320 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 06:08)
pedralis