Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Carta a Rosa...

Rosa de mãos inquietas de olhar vivo, semblante serio, mas de riso solto, mão amiga que protege que ajuda que ampara, que reza, traz em sua historia o calor dos dias, as tempestades da noite e o grisalho do tempo, em sono velado por anjos comandados por uma só voz, que se levanta que vibra, forte como rocha, que esconde em seu ventre água, que chora escondida, desiludida, mas viva, que ri solitária, que sonha, que espera, que reza, que ama, assim és Rosa única, de tão extrema e rara beleza que esconde a tristeza de teus dias sob olhos cativantes e esta sempre disposta a dar mas um abraço, mas uma chance, uma palavra que seja pra animar quem já não tem mas tanta esperança, não deixas cair à vida, às vezes tropeças em tuas simples atitudes, mas levanta-se e cobre os teus com teu otimismo e carinho contagiante, a Rosa, teus espinhos são proteção pra tuas mas lindas pétalas, os teus, sejam, amigos, vizinhos, irmãos, pais, marido e filhos, uma proteção invejada por muitos, mas compreendidas por poucos, da Rosa talvez me fique a lembrança de seu gargalhar gostoso, descontraído, contagiante que emerge de uma força não compreendida, de uma Rosa sofrida, mas que raízes não a deixam murchar, e banhada no amor de quem te cultivou, de quem te deu o primeiro afeto, que colocou a primeira gota de adubo, pra cresceres com tua beleza e de tão raras atitudes de amor ou próximo, foi embora quem primeiro te amou, quem colocou sem pedir nada em um vaso e te aceitou do jeito que és..., e quantas conversas sem fim, e quantas palavras não ditas a teu primeiro jardineiro, e quantos conselhos dados e ate hoje não esquecido, carregas contigo amada Rosa, o brilho dele ainda em tua face rubra delicada, e depois fostes podadas pelos idos da vida, encontrastes ainda um beija-flor que te beijou e de amor por ele se apaixonou, e entre promessas e beijos amorosos,vivestes esse doce amor, e ainda que carregue contigo algumas magoas mostrados em vôos pelo beija-flor aventureiro, demonstras o mas puro sentimento, o cuidado, o amor e dedicação que só as Rosas celestes podem alcançar, te foram os tempos e chegaram às sementes, a! Rosa que delicia ver essas sementes caindo ao chão, abrindo-se em novas rosas e dando frutos, e ainda cuida como se sementes fosses, dessas sementes agora já brotam novas e assim vão passando seus valores, seus amores, e seus conselhos para os novos, amada e querida Rosa, parece que o tempo esqueceu de dizer que em ventos levaram pra longe tuas sementes, mas guardas por elas teu amor incondicional e sobre o olhar atento dos tempos a compreensão dos grisalhos que agora insistem em teus dias, hoje Rosa carregas contigo a missão de ser a rainha de teu jardim abençoado, de podar, de não deixar cair assim como o fez teu primeiro jardineiro a nossa Esmeralda sem preço, que nos deixou a benção de ter como MAE a nossa querida e amada ROSA... Parabéns Por mas um ano de vida, TE AMO ROSA DE MINHA VIDA, SENHORA DE MEU AMOR
Edson Junior
Enviado por Edson Junior em 29/08/2008
Reeditado em 29/08/2008
Código do texto: T1151726
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edson Junior
Recife - Pernambuco - Brasil
234 textos (7086 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/11/19 07:00)
Edson Junior