Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ao que se foi...


Silencie ante o tumulo dos sonhos
daqueles que ousaram
lutar pelo que acreditaram!
Frio monumento
lágrimas
pedra, terra, cimento!
 
Quantas lembranças...
quantos lamentos!

 
Solitário
em meio a névoa das eras;
quem irá lembrar
dos que pela Paz brandiram a espada
e sob seu escudo, tutelaram
seres que disso, nunca souberam?
"-...que seja o silencio a lápide escolhida,
de que vale neste mundo a maior inscrição.?"
 

Guerreiro,
és agora estrela que brilha por teus sonhos?
Seja então por ti
que possam brilhar outros sonhos
e outros guerreiros
amparam-se em tua lembrança
a cada batalha.

Emudeço
e que seja o silêncio
o réquiem que te oferto
pelos sonhos
porque viveste e porque partiste!

 
 
 

Liane Furiatti
Enviado por Liane Furiatti em 03/08/2006
Reeditado em 20/01/2009
Código do texto: T208434
Classificação de conteúdo: seguro


Sobre a autora
Liane Furiatti
Curitiba - Paraná - Brasil
789 textos (42649 leituras)
1 áudios (23 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/03/21 08:22)
Liane Furiatti