Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


SAUDADES...

Que saudade imensa...
Vontade de estar perto de você...
Foi embora sem dizer adeus, numa manhã de setembro.
Fecho os olhos e me lembro daquele instante final, onde não podia mais reagi, nem tão pouco me dizer nada.
Mas eu estava ali, perto de ti, acompanhando a tua partida sem volta.
Onde na matéria, deixaste todas as mazelas que te faziam mal.
Segurei as tuas mãos ainda quentes e te vi partir.
Hoje sei que continua viva, em algum lugar deste universo infinito...
... bem longe da dor que te causou tanto sofrimento.
Sei que o Céu ganhou um anjo, que veio na Terra para me dar a vida e praticar o amor; na sua pureza e ingenuidade.
Saudades sim, te poder te tocar, te beijar, passar a madrugada conversando, trocar carinhos, sentar no teu colo e dizer: eu te amo.
Mas tenho a certeza que tu fostes, sabendo do imenso amor por mim dedicado e o quanto tu eras importante na minha vida.
Você foi um exemplo vivo de bondade, uma super mãe e mulher; grande esposa, grande guerreira, grande alma.
Venho hoje através destas linhas, expressar todo meu sentimento e dizer o quanto estás fazendo falta.
Mas me conforto em saber que estás perto de Jesus, que um dia prometeu: Todos um dia se reencontraram. Pois Ele não separa as pessoas que se amam.
Fique em PAZ e até um dia...

(homenagem a minha mãe Maria – falecida em 26/09/2006)



RJ, 15/02/2007 – 10:33h

Rita Bonito
Enviado por Rita Bonito em 15/02/2007
Reeditado em 22/02/2007
Código do texto: T382316
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Rita Bonito
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
32 textos (4391 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 12:26)
Rita Bonito