Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fofocando-entregando o cunhado

O meu cunhado é um idoso com 82 anos, solteiro, vive só num baita casarão, herança dos pais que partiram há muitos anos.
Ele sobrevive com a aposentadoria de um salário mínimo. Comentam-se que ele tem um bom dinheiro guardado na poupança. Não compra roupa e nem sapato porque ganha dos parentes. ele não sai de casa, não gasta roupa. Ele cozinha. Por não andar mais, devido uma ferida na perna, quem faz a sua compra sou eu. De dois eu três meses, ele manda eu comprar: 2 quilos de feijão, 2 latas de óleo, 5 quilos de arroz, 5 quilos de açúcar, 250 gramas de pó de café, às vezes, um quilo de sal. De mistura, ele gosta de calabresa, manda eu comprar 2 ou 2,5 quilos. Ele nunca mandou eu comprar, detergente, sabão, sabão em pó, Papel higiênico, pasta de dente, sabonete, creme para cabelo, champo, bom bril, etc. Produto de limpeza, absolutamente nada. Outro dia ele me falou: Gosto muito de fazer coisas diferente, tais como : arroz doce, doce de goiaba, amendoim, etc, mas não gosto de amolar os outros para me comprar. Eu só amolo se não tiver outra alternativa. Por isso, eu só compro o estritamente o necessário. Eu disse: "Quando quiser comer algo diferente, é só pedir eu compro" E aí ele deu outra desculpa: " Se eu comprar, eu como muito, pode me fazer mal, então eu prefiro alguém me dar, porque aí eu como pouco! Parece piada, mas não é!





 
pintaeta
Enviado por pintaeta em 16/10/2018
Código do texto: T6478117
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pintaeta
Itanhandu - Minas Gerais - Brasil, 74 anos
447 textos (50924 leituras)
1 áudios (163 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/11/18 20:10)
pintaeta