Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O TEMPO É ATO CONTÍNUO


O tempo é um ato contínuo, mas o homem o fraciona
Em semana mês e dia e também contabiliza aos anos
Subdivide em segundos micro segundos e em nanos
E tudo para dar vazão aos seus infindos desenganos.

É porque nesta natureza são tiranos contra tiranos
Um predador preda outros e são muitas as ganâncias
O tempo é um ato contínuo mas o homem o fraciona
Em semana mês e dia e também contabiliza aos anos.

O homem esta comemorando mais uma virada de ano
Mas nada será diferente não há espaço para enganos
Coisas do mercantilismo nos transformando em insanos
De modos que me incomoda este festejo em rebanho
O tempo é um ato contínuo mas o homem o fraciona.


Desejo a todos uma virada de ano repleta de paz.

PUBLICADO NO FACE EM, 30/12/2018
LUSO POEMAS, 30/12/2018

Miguel Jacó
Enviado por Miguel Jacó em 30/12/2018
Código do texto: T6538719
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Jacó
Taubaté - São Paulo - Brasil, 62 anos
3079 textos (179348 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/02/19 07:56)
Miguel Jacó