Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A ÁGUA

A ÁGUA DESLIZA TEU CORPO
REFRESCA TUAS CUTÂNEAS, REMOVE AS IMPUREZAS
DANDO O PRAZER QUE SÓ A NATUREZA
DESFILA NAS PASSARELAS DAS REGIÕES CINTILANTES

CONHECENDO O TEU ÍNTIMO
TROCANDO CARÍCIAS COM A TUA MÃO
LEVA CONSIGO OS TEUS SEGREDOS
FAZENDO COCHICHOS, BORBULHAS DE SABÃO.

A ÁGUA DESCE A GARGANTA SEM ATROPELAMENTO
A CADA GOLE UM MOMENTO DE SILÊNCIO
UM FECHAR DE OLHOS, UM OLHAR PARA O CÉU

QUE A NOSSA NECESSIDADE NA IGNORÂNCIA
ENGRENA NOSSO PESCOÇO
À REVERÊNCIA E AO RECONHECIMENTO
QUE O PRAZER QUE NOS DOMINA
SIMPLESMENTO VEM DE CIMA.

15/09/2006
Mário Natho
Enviado por Mário Natho em 20/09/2007
Código do texto: T660149
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mário Natho
Salvador - Bahia - Brasil, 47 anos
94 textos (22024 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 02:41)
Mário Natho