Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E AGORA, DRUMMOND?


E agora, Drummond?
O que direi àquele anjo torto,
que vive na sombra,
sobre o fazendeiro do ar?

E agora, Drummond?
O que direi ao Halley sobre o menino Carlos,
que o contemplou,  em 1910,
no Mato -dentro de Itabira?

E agora, Drummond?
O que será da imprensa falada e escrita
sem tua presença?

E agora, Drummond?
Que reação terão estes milhares de leitores
sem teus versos e crônicas?

Agora nos deixas no meio do caminho,
com esta bendita pedra na garganta?

( do livro” ventre de minas” – ventre IV: gerais minas - Editora Aldrava Letras e Artes- Mariana-MG - 2009.)

Homenagem a Carlos Drummond de Andrade pelos  117 anos de  seu nascimento e pelo Dia Nacional da Poesia comemorados hoje.
JSFerreira
Enviado por JSFerreira em 31/10/2019
Código do texto: T6783656
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JSFerreira
Mariana - Minas Gerais - Brasil, 65 anos
326 textos (5983 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/19 08:37)
JSFerreira