Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CORA

Cora que colore o interior de toda gente
Com teu tão benigno legado
De poemas que, assim, serenamente
Vão deixando o coração aconchegado

Ah, poetisa
Tuas letras embalam-me mansamente
Compuseste versos como brisa
Que tocam minha alma docemente

Ao correr os olhos por tuas rimas
Salta de mim serenas emoções
E o brilho que cintila em minhas retinas
Não encontra por hora definições

E tuas letras convidam-me delicadamente
A um passeio por onde teu versejar aponte
E por nutrir-me de palavras, assim, tão levemente
Hei de embriagar-me eternamente em tua fonte.




OBS.: Uma homenagem à doce poetisa Cora Coralina
Érica Cinara Santos
Enviado por Érica Cinara Santos em 02/12/2019
Código do texto: T6809069
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Érica Cinara Santos
Santarém - Pará - Brasil
139 textos (5347 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/19 00:35)
Érica Cinara Santos