Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Á Érica

É normal pensar em você e sentir um certo terror
Dos meus próprios pensamentos?
Sentir um certo asco do que pra você foi amor,
Paixão?
Meu esforço sem graça de sentir algo bom por você
Foi bem menor que o seu esforço de não sentir mais nada por mim. Você era só paixão, como aqueles amantes que jogam pedras nas janelas altas horas da noite. Você veio a minha janela com todo o seu pesar e chorou, me pediu para entrar, implorou... E eu? Só conseguia sentir raiva dessa situação besta que eu atraí para mim. Aos olhos de quem vê a situação por fora, eu pareço má, sem sentimentos. Aos meus olhos e da minha razão sou pragmatismo e sensatez, respeito a mim e as minhas vontades, e a minha vontade era de ter você o mais longe possível, pois a sua falta de respeito comigo foi tamanha ou maior do que a falta de respeito que você tem pelo seu próprio corpo.

Por você amada
Nem amor
Nem terror
Não sinto é nada.
Sim!
O teu medo foi a diferença
Da indiferença em mim.


Te desafio a me amar
Enviado por Te desafio a me amar em 26/03/2020
Código do texto: T6898016
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Te desafio a me amar
Limoeiro do Norte - Ceará - Brasil, 33 anos
18 textos (290 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 31/03/20 17:22)
Te desafio a me amar