Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Seu Mira..(jamas a poesia,livros e as palavras te esquecerão)

           
               
         Escreveu tanto, fez muita gente chorar com seus poemas eram um homem de fibra, que adorava escrever, ler...Ah velho MIRA para tudo você tinha uma linda rima, suas histórias mofando nos papéis me revolta de uma forma muito triste. Queria poder te cura. E a sua beleza das palavras trazer de volta, assim todos novamente vão pára de lamentar.
         
  Hoje quando te olho lembro que nunca devemos deixar o prazer para depois, era tão bom seu Mira se você tivesse escrito um livro se ainda entendesse colocaria tudo aqui para todos te aplaudirem e ver o grande escritor que você sempre foi porque a poesia nunca vai sair de suas veias.
   
           Lembra seu Mira no natal e ano novo que o senhor sempre fazia uma poesia para a pessoa que pegava no amigo secreto, nos aniversários das pessoas que você amava sempre tinha uma surpresazinha. Ai era tão bom, faz pena no seu fundo de baú tem tantas riquezas mofando, tenho vontade de ir lá pegar todas e mostra como a dor não fala mas alto que a poesia... Poder publicar tudo para você.
pena mulher
Enviado por pena mulher em 20/10/2007
Código do texto: T702080

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
pena mulher
Sobral - Ceará - Brasil, 29 anos
31 textos (3636 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 09:05)
pena mulher