Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mãe

Hoje 01/11/2007 19 anos que partiste, e ainda sinto sua presença carinhosa, e amorosa. Quando fito teu olhar, em foto esmaecida pelo tempo, percebo com melâncolia, as oportunidades perdidas de dizer -  TE AMO. O quanto nós, filhos ingratos, quando a tínhamos por perto, no egoísmo de nossos corações infantis, não lhe retribuímos o amor incondicional, que nos dedicava.
Hoje, ao lembrar o cheirinho do pão recém saído do forno, o gostinho do bolo de fubá, o tempero do simples arroz com feijão, que com todo o seu carinho nos servia, me bateu a saudade, do teu abraço, do calor do teu beijo, do conselho, nas horas de dúvidas e incertezas. E, essa dor só  não é maior, pois sei, que um dia nos reencontraremos, e que Deus em sua infinita misericórdia, me dará mais uma oportunidade  de te olhar nos olhos e de dizer:- TE AMO, de sentir novamente teu abraço, receber teu  beijo.
Espelho-me em ti, minha mãe, a mulher de fibra, batalhadora, dedicada e responsável.
A esposa fiel, dedicada, a mãe que cuida, que se preocupa e que ama seus filhos.
Obrigada Mãe, por todos os valores que nos ensinou, e por ter sido a minha Mãe, e por ainda espiritualmente iluminar os meus passos.





SilScher
Enviado por SilScher em 01/11/2007
Código do texto: T718836
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
SilScher
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
150 textos (11474 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/03/21 20:53)
SilScher