Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

a freirinha

A freirinha, muito tranquila no pátio do convento fazendo um bordado, quando
de
repente fura o dedo com a agulha e diz sem querer:
- Merda...
- Porra, falei merda...
- Caralho, falei porra...
- Puta que pariu, falei caralho...
- Ahh, também foda-se, eu não queria ser freira mesmo...

zé paulo medeiros
ze paulo medeiros
Enviado por ze paulo medeiros em 28/03/2006
Código do texto: T129894

Comentários

Sobre o autor
ze paulo medeiros
Santana de Parnaíba - São Paulo - Brasil, 65 anos
75 textos (11179 leituras)
1 e-livros (127 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/09/20 11:51)
ze paulo medeiros