Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Esqueceram de Mim (estrelando Luis Ignácio)

Título: Esqueceram de mim I
Roteiro e direção: Mutável Gambiarreiro
Estrelando: Luis Ignácio
Um curta metragem da Paramout filmes. Aquela do rugido do leão.

Antes de qualquer palavra, agradeço imensamente a solicitude do nobre leitor que compareceu assiduamente à minha página no mês passado. Como deve ter percebido, o número de postagens foi baixíssima; quase zero; e o motivo foi minha estada na prisão com o excelentíssimo ex-presidente, Luis Ignácio o Mula da Silva.
           Nesse primeiro capítulo sobre o filme que lançaremos em breve nos cines do Brasil, relataremos a agonia do NOSSO ex-presidente nestes 3 primeiros meses de xilindró.
          Meus amigos e caros leitores, o ex-mandatário do país está abatido, chateado, angustiado e sentindo profundamente injustiçado. Aparando as unhas com os dentes alvos de porcelana, cacarejava palavras de ordem contra o brasileiro. Dizia da ingratidão e não reconhecimento dos anos dedicados aos trabalhadores, da falta de escrúpulo dos assistenciados em não apoiá-lo nesse momento tão difícil de sua vida.
         Enumerou o vale gás; vale leite, seguro desemprego de 8 parcelas em épocas de marolinha; de ter tirado o feijão da boca dos filhos para contribuir com o vale feijão; da abertura de financiamento da casa própria e carros; resultando na greve dos caminhoneiros.
        Devaneando pelos cantos, sempre via-o resmungando, impaciente, xingando, esbravejando, desmanchando em lágrimas. Quando perguntava que mal o acometia naquele momento, cansei de ouvir que também estava chateado com seus falsos aliados e capangas. Elogia-me, dizendo que todos rosnam e cacarejam, mas só eu propus passar uns dias com ele.
      Quantas foram as vezes que o encontrei logo cedo diante do espelho se arrumando, puxando a gravata para um lado, puxando a gravata para o outro, dando um estilo de nó, dando outro. Por fim perguntava: "Como estou para a jornada de hoje, Marisa"?
                         Ao voltar à realidade, desmoronava em prantos. Ficava o restante do dia solitário, depressivo, decadente. Insólito, dificilmente trocava palavra. Preferência a solidão. Masmorra.
               O leitor não imagina como está praguejando a copa na Rússia. Primeiro pelo descaso de não ter sido convidado para abertura, segundo porque nenhum, nem Tite, nem Neymar, Firmino, Hulck, Willian, Pelé, Ganso, Ronaldo fenômeno, João Havelange, Marta e quaisquer outro, ter ido visitá-lo. Corintiano roxo, ou mesmo preto e branco, convenhamos que a copa de 2014 foi seu carro chefe; portanto, deveriam respeitá-lo mais.
               Aliás, sobre a copa da Rússia, segundo ele, esse é o motivo do advogado ter sido recusado entrar com o pedido de habeas corpus. Pasme o leitor, que mesmo pagando uma fortuna por um pedaço de papel assinado do doutor, ouviu dele: "sossega no poleiro aí, seu Lula. Fechei o escritório e dei férias coletivas para os funcionários. Merecemos assistir os jogos tomando uma birita". À luz do entendimento, o injustiçado ex-presidente merecia no mínimo, indulto para assistir a copa em casa, churrasqueando com os asseclas e capangas.
                          Certa feita, ouvi rosnando: maldito carnaval brasileiro; maldito quem matou Marielle; maldita greve dos caminhoneiros; maldito prédio que ruiu em São Paulo; maldito os ignotos que nesse momento ignoram a conduta presidencialista e trabalho árduo do líder sindicalista Luis Ignácio o Mula da Silva; maldito juiz Moro que previu tudo isso para este ano; maldita copa 2018; como também é maldito ano eleitoral; maldito forro pé de serra que está iniciando no Norte e Nordeste; maldito brasileiro que não se apercebe que, com todas essas festividades,  mofarei aqui.
                                       Também não está nada contente com a ONU, órgão que quando mais precisava, declinou a ajudá-lo. Ainda ontem um advogado enviado especialmente pelo santíssimo Papa foi proibido de entrar para visitá-lo. Antes, em outra ocasião, negaram pedido de visita de seus grandes amigos particular: Mujica; Benedito Fruto; Evo Morales; Maduro; Caiu do Galho; Fidel Castro e Chê Guevara.
             Há mais coisas sobre o maior líder mundial dos últimos tempos. Em 4 meses, sua angústia, desespero e inocência superam as do Mandela em 27 anos de prisão. Portanto, tanto você leitor que é Lulista de coração e brilho da estrela, ou não, estão convidados a assistir esse curta metragem que lançarei em breve.


P.S.: não deixemos a centelha da estrela apagar. Estrela possui brilho próprio, porém necessita de ser reavivada.


Graduação pela Loto Fácil

                    Ser marceneiro é mais fácil que ser graduado em engenharia, pois ser engenheiro demanda fazer várias quadras; que indiscutivelmente é muito, mas muito mais difícil que fazer uma quina.
                                  Enquanto de quina em quina constrói-se uma mesa manca, de quadra em quadra, constrói-se um loteamento residencial de alto padrão. Deveras, não é nada fácil graduar-se pela ULF: Universidade Loto Fácil.
Mutável Gambiarreiro
Enviado por Mutável Gambiarreiro em 13/06/2018
Reeditado em 19/06/2018
Código do texto: T6362980
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mutável Gambiarreiro
Jegue é - Tovuz - Azerbaijão
1456 textos (34778 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/18 03:41)
Mutável Gambiarreiro