Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FARDA

O Bombeiro volta para casa, depois de horas combatendo o fogo, doido para
dar um bimbada com a esposa. Tudo encontra-se na mais completa escuridão e
a esposa está choramingando na cama, reclamando de dor de cabeça. Tira o
uniforme no escuro mesmo, fazendo carinhos na mulher..
- Não, querido, hoje não. Estou morrendo de dor de cabeça. Nem acenda a
luz, que qualquer luzinha me irrita.
- Então, querida, vou pegar um remedinho na sala.
- Nãão, amor. Não me acenda nenhuma luz, por favor. Vá até a farmácia do
seu Zé e compra um remédio pra mim, vá.
O marido, assustado, veste-se no escuro mesmo e corre para a farmácia:
- Seu Zé, me vê um remédio para dor de cabeça, urgentemente, que minha
mulher está quase morrendo, gemendo na cama.
- Tudo bem, mas me responda uma coisa: o senhor não é bombeiro?
- Sou, e daí?
- O que você tá fazendo vestido de PM?
MARCELO GUIDO PEREIRA DE OLIVEIRA NORONHA
Enviado por MARCELO GUIDO PEREIRA DE OLIVEIRA NORONHA em 01/06/2020
Código do texto: T6964492
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
MARCELO GUIDO PEREIRA DE OLIVEIRA NORONHA
Itapeva - Minas Gerais - Brasil, 44 anos
896 textos (15039 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/04/21 14:35)
MARCELO GUIDO PEREIRA DE OLIVEIRA NORONHA