Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Caldo entornado...?



Foi só depois de comer o delicioso caldo verde que lhe fora trazido que o Doutor Ronald, saciado da fome, pode retornar a si, e reconstituindo a cena que antecedera ao repasto, dar-se conta de que efetivamente vira o dedo do garçom que o servira atolado na tigela, cujo conteúdo acabara de sorver por completo...

Reposto do susto, chamou o garçom e o inquiri com olhar severo, sobre o que de fato ocorrera, para estar com o polegar direito quase inteiramente imerso no caldo...

O garçom, moço de seus 28 anos, alacremente respondeu, com confiança absoluta:

 - Doutor, eu estou com um panarício justamente neste polegar e por recomendação médica, para aliviar-me do incômodo, fui orientado a mantê-lo em lugar sempre acima da temperatura ambiente...

Lívido, o Dr Ronald obtemperou, com toda autoridade, ameaçador:

 - O Senhor cometeu um ato nefasto, de suma gravidade, pois poderia ter contaminado o conteúdo da tigela... e eu agora lhe pergunto: por quê então não enfiou esse seu dedo na cavidade retal, que há de ser muito mais quente...?

- Ah, o senhor quer dizer o meu fiofó...? Pois é, era ali que estava, mas como a sopa era bem mais quente...
Paulo Miranda
Enviado por Paulo Miranda em 09/07/2020
Código do texto: T7000831
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Paulo Miranda
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
31837 textos (593859 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/08/20 06:55)
Paulo Miranda