Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O MENINO E O GATINHO

Joãozinho, menino de cinco aninhos, estava sendo preparado para ir pela primeira vez, ao pré jardim. Como ele era muito agarrado com um filhote de gato angorá, todo pretinho e peludinho que havia ganhado de sua madrinha, não queria ir à aula de jeito nenhum. Sua mãe, que era muito amiga da diretora da escolinha, resolveu telefonar pra relatar o caso. A diretora então lhe disse que ela deixasse o menino trazer o gatinho nos primeiros dias de aula. Assim foi feito e o menino chegou à escolinha com o gatinho na mão. O amiguinho que sentava com ele, ficou encantado com o gatinho. Fez a seguinte pergunta: Por que ele está com a lingüinha um pouco pra fora da boquinha. Joãozinho respondeu: Quando ele dorme a lingüinha sai sempre pra fora da boquinha e tu viu que ela é bem cor de rosa? É mesmo, que bonitinha. Lá pelas tantas, o gatinho pulou ao chão e se foi para baixo das mesinhas. O menino disse para o coleguinha: Meu gatinho fugiu. Vamos atrás dele, disse o coleguinha. Mergulharam para baixo das mesas e foram indo lá pra frente da aula atrás do gatinho.  A professora estava sentada à mesa, com as pernas um tanto abertas, e não se sabe por que, sem calcinha. Nisso o coleguinha aponta para o meio das pernas da professora e diz. Olha lá o teu gatinho. Não, aquele não é o meu gatinho, respondeu o menino. É sim, olha bem, é pretinho, peludinho e está com a lingüinha fora, ele está dormindo. Aquele não é o meu, disse. Como sabes que não é o teu, disse o coleguinha. Então Joãozinho respondeu: A boquinha do meu é horizontal, daquele ali é vertical.




                                     THE END

Aureo Marins
Enviado por Aureo Marins em 03/11/2007
Reeditado em 04/11/2007
Código do texto: T722409
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aureo Marins
Rio Grande - Rio Grande do Sul - Brasil, 78 anos
128 textos (31477 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 04:41)
Aureo Marins