Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Queda do Palhaço

Camisa xadrez, calça preta amassada e pouca idade,
Lá vem o caipira procurar trabalho na cidade.
Um mês, dois, três -Ó meu Deus , o que faço ?
Acho que vou trabalhar de palhaço.

Um dia passando perto de um rio,
Ele viu um grande circo, num terreno vazio.
O dono era uma senhora sudanesa,
E ele, de palhaço, foi trabalhar na empresa.

De dia no escritório, fazia contas, cheques e holerites,
Como era muito fofoqueiro, logo começaram os palpites.
Virou chefe, mandava nos operários e limpadores de chão,
Mas a noite, era o palhaço macarrão.

Não gostava de ser palhaço, seu sonho era ser trapezista,
Estar no alto, ver tudo de cima e ser o unico artista.
A inveja e a ganância, eram sua maior satisfação,
Na semana santa, demitiu o trapezista Chicão.

Com capa preta, roupa brilhante e sem a rede de proteção,
Eis que surge, o todo poderoso palhaço macarrão.
No momento do salto, houve no circo um apagão,
-Gritos, correrias e pânico, o palhaço estava no chão...

Hoje inválido, esquecido e sozinho,
Trabalja no mesmo escritórinho.
Essa é a estória de Sandro Tamiro Militão,
O famoso e querido palhaço " Macarrão ".
Bossi
Enviado por Bossi em 27/11/2007
Código do texto: T755503
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bossi
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
100 textos (9808 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 13:22)
Bossi