Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

#GALO VELHO CARNE DURA#


A galinha Lili passeando com sua prole
De doze peraltas pintinhos todos felizes
Ciscando o lixo pelas avenidas do galinheiro
De repente esse dia se transformou em trevas
Escondida numa toca apareceu à senhora cobra.

Lili protegendo seus filhinhos embaixo de suas asas
Implorando para a serpente disse:
Por favor, não coma os meus pintinhos
Dona galinha estou com muita fome!
A esperta Lili em defesa dos pintinhos
Disse para a cobra:
Vamos fazer um negócio?
Que negócio dona galinha?
Você pode comer o galo!
Seu marido é velho tem a carne dura
Deixe de ser bobinha dê cachaça para ele
Você verá como a carne do galo ficará macia
Assim, madame cobra fez
Seduzindo o galo ela dava uma dose para ele
Outra dose para ela, no galinheiro toda bicharada
Bebia, o pato muito alucinado estava no poleiro
As baratas passeavam no galinheiro sem medo.

Retornando do seu passeio com seus pintinhos
Diante daquela festança a galinha Lili perguntou:
Dona cobra a senhora não devorou o galo?
Com grande conteúdo alcoólico na cabeça
Abraçada no galo a embriagada cobra disse:
No meu amigo galo ninguém vai pôr a mão!!!
SAM MORENO
Enviado por SAM MORENO em 02/12/2007
Reeditado em 26/08/2016
Código do texto: T761352
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
SAM MORENO
São Paulo - São Paulo - Brasil
599 textos (60840 leituras)
3 e-livros (277 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 18:49)
SAM MORENO