Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A tecnologia ligada ao coração


Era uma  vez uma amiguinha  chamada Tecninha. Ela era muito tristinha e vivia muito só.
Suas roupas não eram coloridas e seu rosto era pálido e gelado.
Por viver só, ela se sentia muito infeliz e em seu coração existia um sonho: O de usar todas as suas técnicas e conhecimentos em algo que a realizasse e quem sabe assim a fizesse feliz.
Seus brinquedos eram frios e sem vida: pilhas, baterias, cabos, fios, conexões, eram alguns deles, mas nenhum deles mesmos sendo tão importantes na sua vida, não lhe completavam. Tecninha sentia que faltava algo para preenchê-la.
Já em outro lugar mais distante dali vivia Humaninho um amiguinho muito simpático e sorridente.
Ao contrário de Tecninha o mundo de Humaninho era muito colorido e cheio de vida. Seus principais brinquedos eram  o amor, a amizade  a cooperação entres outros. Porém Humaninho também tinha um sonho, o de usar todos seus brinquedos para fazer a alegria de quem precisasse, mas para isso precisava encontrar mais conhecimento para descobrir onde usa-los. Mas Humaninho não largava seu brinquedo favorito que era  a esperança.
Um belo dia, Tecninha recebeu uma missão, teria que fazer uma viagem juntamente com seus brinquedos para que fossem morar num outro lugar com outro novo amiguinho.
Tecninha prontamente aceitou a missão curiosa e ansiosa, pois segundo o que lhe haviam dito os dois novos moradores teriam um desafio, de montar um lugar onde muitas e muitas pessoas teriam que conhecer e se encantar. Isso fez com que Tecninha sentisse que estava chegando a hora de realizar seu sonho. Ela fez suas malas e pegou todos os seus brinquedos e partiu. Tecninha já estava começando a se sentir feliz!
Ao mesmo tempo em que Tecninha fazia sua viagem, Humaninho também havia acabado de receber a nova noticia, e também passou a arrumar seus brinquedos se certificando de que não estava esquecendo  nenhum deles principalmente a esperança e o amor.
Humaninho estava radiante, estava certo que agora seria o momento que tanto esperava: dividir seus brinquedos favoritos e levar muita alegria.
Quando nossos dois amiguinhos, finalmente se encontraram, eles perceberam o quanto eram diferentes, porém descobriram que tinham o mesmo sonho. Quando chegaram ao seu destino, se depararam com um espaço enorme ,vazio e sem vida, porém assim que Humaninho entrou no ambiente com seus brinquedos, imediatamente tudo se transformou: as cores, a luz, a magia, a ludicidade e o encanto tomaram conta do lugar e Tecninha se encantou com tudo o que estava vendo e sentindo.
Com seus brinquedos em sua bagagem, olhou de modo interrogativo para seu novo amigo.
Humaninho percebendo que a amiga estava constrangida por seus brinquedos não serem tão coloridos quantos os seus, disse à amiga:
-Amiguinha, saiba que em nenhum lugar onde pessoas procurem para realizar sonhos e serem felizes, por mais caloroso, lindo e colorido que possa ser, se não tiver a ciência, o conhecimento e o avanço não irá sobreviver e da mesma forma vice-versa. Portanto como dois bons amiguinhos mesmo sendo tão diferentes, vamos andar de mãos dadas e tornar este local um       lugar maravilhoso onde nossos brinquedos sejam misturados e manuseados de todas as formas e maneiras e que com isso todas as pessoas que passarem por aqui sejam felizes assim como nós também estamos agora. E vamos chamar este lugar de "BRINQUEDOTECA MUNICIPAL onde a tecnologia está ligada ao coração".
E assim felizes e realizados os dois amiguinhos saíram de mãos dadas segurando seus brinquedos especias: a Fé e o Conhecimento.

megh
Enviado por megh em 23/03/2012
Reeditado em 10/04/2012
Código do texto: T3572052
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
megh
Carazinho - Rio Grande do Sul - Brasil, 51 anos
13 textos (1416 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/01/20 18:21)
megh