Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
th?id=OIP.U0bt-tv_0qsFluwxGQFoSAHaFj&w=179&h=134&c=7&o=5&pid=1.7
SACI PERERE:
O protetor das florestas!

Todo dia bem cedinho
Bem assim desta maneira
Batia na minha janela
O galho da laranjeira;
Eu corria e nada via
Eu chamava e nada vinha
Me escondia na espreita
Pra ver se surpreendia
O que era aquele sinal
Vindo da escuridão
E logo que aparecia o sol
O que eu não via, se camuflava
De balançar, o galho parava
E não batia mais na janela, não!
th?id=OIP.t01yE5w5zlTNOtlExkC1EAHaI6&w=179&h=216&c=7&o=5&pid=1.7
E isso era todo dia
No finalzinho da madrugada
Vou confessar um segredo
Se no começo tinha medo
Logo fui me acostumando
Um pouco assustado, mas gostando
Do galho sempre ruçando
A janela da minha casa!
th?id=OIP.P-uK3jxpDdOXeHkapzxOAAHaD8&w=179&h=95&c=7&o=5&pid=1.7
Sabia que não era maldade
Porque me deixava feliz
Mas bastava vir a luz
Sumia da frente do meu nariz
Não conseguia entender
O que tinha a ver a felicidade
Só que depois da chegada do sol
O galho se recolheia
Na vinda da claridade!
 
Então num certo dia
Melhor, logo no findar da noite
Estava por perto e me escondia
Observando a situação
Pude ver que se achegava
Um visitante esquisito
Com uma toca cor de fogo
Mais simpático, que bonito
E muito, muito misterioso!
th?id=OIP.vJFzKnvU2OD1t6AzYTyu-QHaOP&w=155&h=299&c=7&o=5&pid=1.7
Quando me viu se assustou
Mas eu o tranquilizei
Disse que era seu amigo
Não tinha nenhum perigo
E que não queria fazê-lo mal;
Nessa hora o convidei
Para entrar e tomar café
Vi que só tinha um pé
E pulava o tempo todo
Brincalhão, me fez de bobo
Mas ganhei sua amizade
E daquele dia em diante
Entendi o porquê do seu medo
Pois a luz do sol o revelava
Na chegda da claridade!
th?id=OIP.LP68VMOrxbZbD-vIF5XiUQHaJ4&w=179&h=239&c=7&o=5&pid=1.7

 
Marcosvi
Enviado por Marcosvi em 07/11/2019
Código do texto: T6789576
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcosvi
Siderópolis - Santa Catarina - Brasil
1374 textos (28110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/11/19 13:25)
Marcosvi

Site do Escritor