Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O PENTE MENDIGO

Existiu uma vez um pente de mão que morava numa barbearia e que só penteava cabeça de carecas e isso lhe deixava muito mal e triste.

Um dia,sem nada a dizer para o seu dono,o pente caiu no mundo,passou
fome e sede,calor e frio em demasia.

Doente e vivendo no relento,o pende mendigo,foi parar no hospital,como
era jovem foi adotado por uma família que tinha bastante topete.

O pente passava de mão em mão,de cabeça em cabeça,tirando caspas,tirando piolhos e lêndeas e outras sujeiras que aparecia ali.

Era pente pra cá,pente pra lá,o dia e a noite toda.Até que engordou,ficou velhinho,perdeu o vigor e os dentes.

Sem mais serventia,foi morar numa gaveta escura para sempre.Os outros  pentes zombavam dele,sem saber que um dia a juventude acaba.



FIM!
Joelson Gomes da Silva
Enviado por Joelson Gomes da Silva em 10/01/2021
Reeditado em 13/01/2021
Código do texto: T7156399
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Joelson Gomes da Silva
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 51 anos
1016 textos (23253 leituras)
5 e-livros (129 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/01/21 06:41)
Joelson Gomes da Silva