Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha vida é uma eterna dúvida!

Eu não sei que rumos tomar, que caminhos seguir para a minha vida.  Sempre tenho dúvida do que fazer, se amo ou odeio, se vou ou volto, se estudo pra ser alguém na vida ou decido não estudar pra ser sustentado sempre por alguém e não ter preocupações, se caso e tenho filhos ou serei sempre a filha, se vivo ou morro... Até minha relação com o amor é assim, duvidosa, ou seja, com você. Não sei se amo você, por ser muito especial na minha vida e uma pessoa maravilhosa ou se te odeio, por você não ser meu. Não sei se te beijo, pra matar minha vontade de sentir o gosto de sua boca ou te esnobo, por você só querer me beijar pra se sair como o gostosão da história.
Carência? Esse é um dos carmas de minha vida, pois sinto falta daquele jeito como me tocou naquela vez que nos falamos, não lembra? Aquela que me perguntou se tava triste ou com raiva... e aquela vez que me falou que  eu era besta de me importar com as outras, pois eu era diferente...Aff!!! quase não durmo... e aquele beijo molhado e quente que demos escondido de todos, você lembra? Pra mim foi inesquecível!!!
Mas agora tenho comigo só a lembrança  de tudo que passamos juntos, que não troco por nada, que dizer, só por você!!!

nadja abrantes
Enviado por nadja abrantes em 30/10/2007
Código do texto: T716360
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
nadja abrantes
Doutor Severiano - Rio Grande do Norte - Brasil, 29 anos
6 textos (1334 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 06:22)
nadja abrantes