Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Acordes Doentios

Sinto meu sangue esvair
Além está o mar
Ele se agita e clama por mim
Quer me abraçar
Um mundo estranho e perdido
As vozes de ontem me fazem reviver
Meus últimos instantes
Longe de tudo...

Meus lábios tremem
Estou partindo daqui
Mundano eu fui e agora pago o preço
E na saudosa despedida
Caçôou de mim mesmo

"Se a vida finda inerte
Tua alma queima em febre
E nada mais haverá..."

Um vislumbre de morte
Definho amargo na noite
Eu sinto frio e partirei...
Humberto Matias de Amorim Sobrinho
Enviado por Humberto Matias de Amorim Sobrinho em 12/07/2006
Código do texto: T192760
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Humberto Matias de Amorim Sobrinho
Euclides da Cunha - Bahia - Brasil
68 textos (8178 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/02/21 01:40)
Humberto Matias de Amorim Sobrinho