Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PÃO NOSSO

PÃO NOSSO
Mesma batalha diária.
Números transformam cifrão.
O pão nosso de cada dia.
Conquistado com perfeição.
Sem ofender semelhante,
que já traz, no semblante,
as lágrimas pela paz.
Contra essa guerra opressora.
Corte a tesoura,
de quem mais faz.
Mínimo esperado da corja imbecil.
Servo que é mudo, surdo e cego.
Eu não sossego enquanto navego.
Mar mais revolto, impiedoso e febril.
rfpoeta
Enviado por rfpoeta em 11/07/2018
Reeditado em 11/07/2018
Código do texto: T6387047
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
rfpoeta
Miracema - Rio de Janeiro - Brasil, 54 anos
205 textos (2432 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/07/18 01:25)