Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ASAS são PORTAS

Árvores loucas me cercam no porão do mundo
                                    tratores me abocanham
já não basta roncar feito borboleta enlouquecida
pelo álcool derramado dos raios vomitados dum sol ébrio

Bailarinas dançam sobre túmulos
que já foram montanhas
e hoje tampam a incoveniência dos mortos
e porque tua língua é clarim
despejando maremotos
e'minhas entranhas revoltas
digo posso puxar o céu com as mãos
e embrulhar o cadáver do meu destino

Asas são portas
aqui!
onde os homens bêbados
e boçais
ajoelham aos pés
do macaco
Eriko y Alvym
Enviado por Eriko y Alvym em 21/09/2007
Reeditado em 26/09/2007
Código do texto: T662038

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (ERIKO ALVYM e www.erikoalvym.zip.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eriko y Alvym
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1310 textos (32846 leituras)
8 áudios (1083 audições)
2 e-livros (177 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 19:27)
Eriko y Alvym