Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Curadeira de carência

O bar já tá quase fechando
Lá pra casa não quero voltar
O garçom sempre manda eu embora
E a minha mulher nunca deixa eu entrar

Não quero mais ser humilhado
Tem dois jeito pra essa sofrência
A primeira é achar outro bar
Ou ligar pro meu modo emergência
A linha só dá ocupada então paciência
Sou só mais um nessa espera de curar

(Refrão)
A cachaça me distrai ela trai minha consciência é válvula de escape curadeira de carência
Eu vou discar de novo sei que tem as consequências
Ô sofrência (2x)

Espero que ela tenha espaço pra mais um na agenda..
William Alvares, Paulinho Schu, Allan Vasconcelos e Rosemir Duarte
Enviado por William Alvares em 21/06/2019
Código do texto: T6678242
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
William Alvares
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil, 33 anos
32 textos (447 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/07/19 01:03)