Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem você não tenho história

Sinto que não lembro o que aqui estou fazendo,
que mundo é esse, louco, ó louco...
Que caminhada dura essa estrada, insana de horror, sem grana,
que me entorpece de saudade daquele momento quente, da gente...
O que estou fazendo aqui, sem ti pra me divertir?
Sinto o sol ardente, quente, envolvente, mas nada tenho em mente, sinto me perdidamente indecente...
Viajo dentro de mim, e te vejo, te desejo loucamente, mas não te tenho,
não posso te tocar, te sentir, te amar...
Meu coração vibra em ondas, isso me assusta, me degusta...
Sem você não tenho história, nem memória, quero te ter agora, vem embora...
Por favor não se atrase, te esperarei até o último pulsar do meu coração,
e não diga que não. Te darei meus dias, minhas noites, e veremos o por do sol da varanda do meu prédio, pra espantar o tédio, caso ele venha incomodar, e jantaremos na sala de estar.
É meio louco tudo isso, mas não tenho preguiça de te revelar os fatos,
e depois de lavar os pratos dormiremos no sofá...
Depois de um transe casual, nosso abraço matinal, vai nos esquentar, e tudo volta ao seu lugar...
Dalva Pagoto
Enviado por Dalva Pagoto em 10/09/2019
Código do texto: T6741933
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dalva Pagoto
Duque de Caxias - Rio de Janeiro - Brasil, 57 anos
95 textos (1377 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/19 22:29)
Dalva Pagoto