Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Balanço de Rede

Foi num balanço de rede
Que eu matei a minha sede
E bebi desse teu mar
Fiz da tua casa a minha
Duma quarta de farinha
Meio pra me alimentar

Fiz da pesca minha vida
E por essa minha lida
Encontrei o meu lugar
Eu sabia que o caminho
Era encontrar teu ninho
Braços para me aninhar

E fui contando com a natureza
A pele, a rosa tua beleza
Entrando de vez na tua história
Amando a vida que tenho agora

Provei do mel de tua boca
Fui colibri entre as tuas flores
Eu quero sempre que você ouça
Agora eu vou aonde tu fores

Foi num balanço de rede
Que eu joguei a minha sorte
E todo o meu coração
Conquistei o teu sorriso
E me vi no paraíso
Ao tocar a tua mão

Percebi que o meu destino
Era estar sempre ao teu lado
Minha voz cantar você
Minha prosa, minha rima
E tudo o que Deus me ensina
Era para eu te dizer
Marcelo Gênesi
Enviado por Marcelo Gênesi em 11/09/2019
Código do texto: T6742743
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar autoria e site como referência). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcelo Gênesi
Olinda - Pernambuco - Brasil
604 textos (9245 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/19 08:15)
Marcelo Gênesi