Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aprendiz

Tenho estado sozinho, buscado carinho, sem merecer;
Troquei os afetos, troquei os abraços por outra qualquer;
Não se brinca de amor é bom avisar;

Foi loucura talvez, queria outra vez em braços estranhos cair
Desfilei pela vida, estou bem mais atrevido, só quero amar;
Cruzar teu caminho, estúpida, esta forma de amar;

Sentir o calor do teu corpo, fazer gemer;
Como em brasas em chama só quero acender;
Lamento a sorte, prefiro a morte, foi você
Viver de paixão, já não dá; melhor esquecer;
Pode ser a falta do amor;

O tempo passou, foi preciso sofrer, pois me fez de criança,
Sou feliz, do jeito que sou;
Entreguei os meus passos, eu juro que faço o coração é quem diz;
Sou homem do amor, você continua aprendiz;

Jurei para o tempo, não sou do alento, não sou infeliz;
Estou voltando do avesso, pode ser que mereço, vou te ensinar;
Você vive seu lado, talvez enganada, fez por merecer;
Reviver paixões antigas, foi eu foi você

Valverde Bento
Enviado por Valverde Bento em 19/10/2019
Código do texto: T6773815
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (laerciovalverdebento@hotmail.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valverde Bento
Teofilândia - Bahia - Brasil, 53 anos
8 textos (86 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/11/19 23:26)
Valverde Bento