Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O pó da estrada

O pó da estrada

Eu sou o tudo,eu sou o nada,só um pouco de pó jogado na estrada.

Eu sou o muito,eu sou o pouco.

Eu sou o tudo,eu sou o nada,só um pouco de pó jogado na estrada.

Eu sou o escuro,eu sou a massa,eu sou a luz,a via láctea,sou um pouco de de pó jogado na estrada
Sou o sorriso de um lábio trêmulo,sou o calor de uma lagrima
Só um pouco de pó jogado na estrada
O tchau do adeus,o abraço do aconchego...

Eu sou o tudo,eu sou o nada,só um pouco de pó jogado na estrada.

O rabisco do grafite em uma dureza de diamante...
Eu sou a dor,eu sou o alívio...
Sou o ambíguo,um labirinto

Eu sou o tudo,eu sou o nada,só um pouco de pó jogado na estrada.


Eu sou o muito,eu sou o pouco.

Eu sou o tudo,eu sou o nada,só um pouco de pó jogado na estrada.

Eu sou o escuro,eu sou a massa,eu sou a luz,a via láctea,sou um pouco de de pó jogado na estrada
Sou o sorriso de um lábio trêmulo,sou o calor de uma lagrima
Só um pouco de pó jogado na estrada
O tchau do adeus,o abraço do aconchego...

Eu sou o tudo,eu sou o nada,só um pouco de pó jogado na estrada.

O rabisco do grafite em uma dureza de diamante...
Eu sou a dor,eu sou o alívio...
Sou o ambíguo,um labirinto

Eu sou o tudo,eu sou o nada,só um pouco de pó jogado na estrada.
Slater Rock
Enviado por Slater Rock em 07/11/2019
Código do texto: T6789675
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Genérica). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Slater Rock
Santa Luzia - Minas Gerais - Brasil
31 textos (332 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/11/19 00:13)
Slater Rock