Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O amor sonhador

O universo que te verso,
Com o amor que manifesto,
Não deixaste o seu resto,
Como amor que seu universo.

Ao maior amor que sonhador,
Fazer a alegria que surge,
O medo que se inverte,
Mais alegre que proponham.

Refrão
O começo do seu amor,
Alegrar-se em seu calor,
De alegre ser que inventa,
A alegria que tudo aumenta.

O perdão que se substancia,
Páginas aladas de alegria,
De amar como quem diria,
Mesmo o sentido que nutre.

Mesmo o senil sincero,
De alegrar que aumente,
Esse mesmo o que senta,
O dia que após dia face.

Refrão
O começo do seu amor,
Alegrar-se em seu calor,
De alegre ser que inventa,
A alegria que tudo aumenta.

O coração que tua unção,
A amar com tua afeição,
Mesmo solene amor,
Mesmo assim que dor.

O persistente verso,
A correr como excesso,
E laborar a tua vindima,
Mesmo assim contagia.

Refrão
O começo do seu amor,
Alegrar-se em seu calor,
De alegre ser que inventa,
A alegria que tudo aumenta.

Gumer Navarro
Enviado por Gumer Navarro em 02/12/2019
Código do texto: T6809074
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gumer Navarro
São Paulo - São Paulo - Brasil, 36 anos
1990 textos (7368 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/19 00:26)
Gumer Navarro