Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Como deixar ela feliz

A corrente de sua vontade,
Esse ser amada caritativa,
De lugares cheios de verdade,
De ter a mente mais criativa.

O poente de cada transforma,
Alienado como fosse trova,
De um sonífero esse norma,
De semear fora da cova.

Refrão
Como deixar ela feliz,
Chamaria ela de verdade,
E ser como fosse atriz,
E medir cada bondade.

O corpo de cada vez,
Mesmo o seu sentido,
E contar de um até dez,
E ermo correndo obtido.

O coração é um intruso,
Como fala o seu intento,
E como não entrar parafuso,
E cordiais como o vento.

Refrão
Como deixar ela feliz,
Chamaria ela de verdade,
E ser como fosse atriz,
E medir cada bondade.

O remar cada hora de ver,
O crepúsculo e vertente,
E alegria sua no amanhecer,
E mesmo assim e ente.

Como amar essa donzela,
Amando como o soneto,
De corrediço ser se anela,
E ser o amor de um direito.

Refrão
Como deixar ela feliz,
Chamaria ela de verdade,
E ser como fosse atriz,
E medir cada bondade.
Gumer Navarro
Enviado por Gumer Navarro em 19/06/2020
Código do texto: T6981869
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Gumer Navarro
São Paulo - São Paulo - Brasil, 36 anos
4611 textos (15564 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/08/20 18:35)
Gumer Navarro