Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

É BRUTA, MAS É MINHA

Ela é toda impaciente,
De delicada não tem nada!
O amor é traiçoeiro...
Eita mulher arretada!

Dessa vez me estrepei,
Cacei sarna pra coçar...
Conheci uma gata xucra,
Por ela fui me apaixonar!

Me laçou, pegou de jeito...
Fez retalho pra pisar!
Meteu a espora no peito
É com ela que eu vou me casar!

Parece que ta tudo invertido...
Agora sou eu quem chora!
Mulher bruta e casca grossa,
Eu sou a fêmea dessa historia!
Di Freitas
Enviado por Di Freitas em 29/06/2020
Reeditado em 01/07/2020
Código do texto: T6991767
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Di Freitas
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 48 anos
91 textos (4645 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/07/20 17:02)
Di Freitas