Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pobre Gente

Era pra entrar setembro,
Mas os galhos continuaram secos.
A chuva era pra ser calma, passageira,
 mas aliou-se ao vento.

O que será dessa gente
que tanto teme a chuva?
O que será? Dos que temem a chuva?
 O que fazer por essa pobre gente?
 Cuja história e pertences se perderam nas enchentes

Tá chovendo granizo, tá...
 destruindo a cidade, tá ...
Tá chovendo aqui dentro, já...
Já virou tempestade

 Tá assustando as crianças, tá...
Tá impedindo o trabalho, tá...
Separando pessoas, tá...
Tá molhando a verdade

 O que será de mim,
que não posso me desabrigar,
Enquanto o céu desaba,
 já não cai mais Santa Chuva,
já não mais faz bem a quem se molha.

Quem fará algo àquela gente?
Quem recolherá suas histórias?
 E Quem fará? Suas histórias...

Era pra entrar setembro,
mas ainda chove e chove,
 chove tanto que ainda molha aqui dentro.
JHNETO Nascimento
Enviado por JHNETO Nascimento em 13/11/2007
Código do texto: T734987

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JHNETO Nascimento
Maringá - Paraná - Brasil, 33 anos
7 textos (163 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 06:02)
JHNETO Nascimento