Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lobo do homem

Um homem perturbado vai
Não nega o dividendo
Passa perguntando as horas
Ajeita a calça amarrotada
E marca um passo
descompassado com seu coração

Desempregado a quase duas horas
Desempedido a duas semanas
Teve dois filhos mas nunca deu bola
Levou dois tiros numa discussão
Não sofreu nada



Pai, abre o carro e me deixa entrar
Não abra mão desse seu velho amigo
Sou um selvagem meio que ferido
Mas estou livre


Chicletes para mastigar
Não sente fome
E no insulto sai palavrão
Comemorou o placar
Mas está tarde comemorar
Preferiu pensar
Na velha casa
E bebeu a mágoa na mesma birosca
Sambou baixinho, bateu no balcão
Mexeu com menina graciosa
Deixou barato com o grandalhão
E foi ver céu (Um fração do céu
No horizonte esburacado)
Michell Niero
Enviado por Michell Niero em 21/03/2008
Código do texto: T910109

Comentários

Sobre o autor
Michell Niero
Osasco - São Paulo - Brasil, 35 anos
37 textos (3186 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/05/21 01:01)
Michell Niero