Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DIAS CORRIDOS

Fim de ano...
Natal na porta...
e o corre-corre de muitos
para as compras.
Vestimentas novas,
condição farta
gastronomia, expostas.

Convite para os familiares,
também para os amigos
e pessoas do ciclo necessário...
“Presentes” e "Presentes",
como se comemorássemos
o nosso próprio aniversário.

Lares aconchegantes,
arrumações natalinas,
disposição para sorrir,
em meio a tantos desafios,
e a mais dura sina...
que é ver de "Flores Murchas"
a maioria dos jardins...

Tudo soa
normal nessa época,
porém há lugares
onde o frio invade
e o luxo nunca cabe...
e há também,
onde somente há,
a mais dura realidade...
mas que são dias corridos,
para um grande número de pessoas,
isso é,
pura e nua verdade.

O comércio investe
nas melhores vendas
e o consumidor nas compras,
gasta sem necessidade.
Nem se lembra que há irmãos,
precisando de um pedaço de pão,
só pra ter felicidade.

Muitos cuidam da matéria,
organizam-se em vãs confraternizações.
E às vezes,
esquecem de olhar
o terreno do próprio coração.

Querem apresentar-se bem,
expondo uma alegria cativante,
mas o que os olhos não vêem,
nem sempre passa,
por uma avaliação importante.

Tantos são os desejos supridos
e histórias... sem final feliz.
Muita gente celebrando de maneira plena,
e outros... com uma expressão serena,
sem ao menos ser da vida um aprendiz,
entre sonhos desfeitos
e impossibilidades sem tamanho,
ou bem maiores
do que o próprio País.

A desigualdade social atinge a maioria
e na hora da partilha,
até as sobras deixam a desejar...
entre estruturas propriamente humanas,
muita gente sobrevive em desertos ao invés de um lar.

Porém é no Natal,
que a Esperança se faz igual,
para que o todo se liberte
e liberto,
adquira nas bases do essencial,
a sua independência
completamente Espiritual!

É NATAL, CUIDE-SE...
MAS NÃO PERMITA ESQUECER-SE DE SUA PRIMORDIAL FINALIDADE: AMAR E SERVIR, SERVINDO E AMANDO, TODA A HUMANIDADE!

BOAS FESTAS E QUE UMA GRANDE HARMONIA,
DESÇA SOBRE A TERRA E ARMAZENE A SEMELHANÇA DIVINA, SOBRE AS NOSSAS NATUREZAS HUMANAS.


Fim desta, Cristina Maria O. S. S. - Akeza.
Akeza
Enviado por Akeza em 01/12/2007
Reeditado em 08/12/2016
Código do texto: T760221
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Akeza
Canavieiras - Bahia - Brasil, 56 anos
2384 textos (412756 leituras)
60 áudios (108325 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 00:59)
Akeza